quinta-feira, 23 de novembro de 2006

Notícias menos boas...

Felizmente este dia está a chegar ao fim!

Estou cansada, desiludida e apreensiva...
A ecografia revelou adenomiose (é definida como a presença de glândulas e estroma endometrial dentro do miométrio, podendo levar ou não à hipertrofia das fibras musculares do útero. Isto leva a um aumento do volume uterino, que nunca é tão acentuado como nos casos dos miomas. Clinicamente a presença de adenomiose uterina leva a um aumento do fluxo menstrual e das cólicas uterinas (dismenorréia), diminuindo assim a qualidade de vida das pacientes) e, o único ovário que tenho, tem um aspecto distrófico (aparência anormal).

Eu já sabia que a endometriose continuava a avançar, tenho tido dores intensas durante 2/3 dias, como tenho relatado em posts anteriores, e fico com pequenas perdas acastanhadas acompanhadas de dores moderadas durante metade do ciclo (+/- 15 dias).

Conclusão da consulta:
O meu caso tem que ir novamente a reunião da equipa para avaliação das condições de novo tratamento, entretanto tenho que tomar a pilula (3 embalagens - normalmente, com os 7 dias de descanso) para tentar que seja travada a evolução da endometriose e para deixar o ovário em descanso.
Segundo a médica irão chamar-me antes do fim da 3ª embalagem (que pelas minhas contas deve terminar a 22 de Fevereiro). Se não me chamarem até essa altura, devo telefonar, mantendo a pilula continua, sem interrupções até à data que me disserem para parar e depois iniciar de seguida a estimulação.
Ou seja, a médica disse que tenho ainda de fazer análises ao 3º dia do próximo ciclo e iniciar então a pilula e que apontaria para o mês de Março de 2007 para nova tentativa.

Sei que os meus 34 anos podem não ser impeditivos, mas sinto que a cada dia, semana, mês que passa, a meu sistema reprodutor vai perdendo as poucas condições que tem para gerar uma vida.
Cada vez mais me lembro das palavras do ginecologista que me segue há alguns anos. Ele, em 2001 disse-me para eu desistir da ideia de engravidar, para pensar na minha qualidade de vida que iria degradar-se ao longo do tempo e para tratar a endometriose, que, no estado em que estava, o melhor seria ser operada e retirar tudo, útero e ovários. Fiquei um bocado abalada com esta situação... Mas será que o senhor não tinha razão?! Ele continua a estar a par da minha situação e quando soube que eu tinha sido operada em Setembro do ano passado e que tinham retirado um dos ovários, voltou a dizer que, na opinião dele, eu estava a prolongar o meu sofrimento físico e psíquico e a pôr a minha relação em jogo. Para ponderar a adopção, enfim, voltou a dizer-me que com a endometriose como tenho e com duas cirurgias anteriores seria muito dfícil conseguir uma gravidez...

Estou a ficar cansada, muito cansada, estou no 16º dia do ciclo e ainda tenho algumas dores. Realmente, qual é a minha qualidade de vida? Anoto na agenda os dias em que deve vir o período, não posso fazer trocas com colegas que às vezes me pedem, porque posso ter que faltar, falto com frequência ao trabalho, não posso combinar nada com amigos porque posso ter dores e não conseguir sair, estive quinze dias de férias em Agosto em que TODOS os dias tomei analgésicos...

Ao mesmo tempo penso que só fiz um tratamento (FIV), quero mais oportunidades para tentar concretizar o meu sonho, mas quanto tempo mais vou sofrer, quanto tempo mais vou ter força para continuar?!

Desculpem-me este debitar de palavras que sei não serem agradáveis de ler, mas hoje é o que me sai... Amanhã já me devo sentir mais animada (espero!).

Obrigada por estarem aí desse lado e por me apoiarem sempre! Desde que entrei neste mundo virtual tenho-me sentido mais forte, vocês ajudam a atenuar o sofrimento e a dor que tantas vezes teimam em intalar-se na minha vida...

Obrigada J. pelo homem lindo que és, por me amares e estares sempre a meu lado. Obrigada por seres o meu porto de abrigo! Amo-te muito e cada vez mais!

Beijinho

p.s. - Obrigada pelo comentário, Carole Resende, antes de mais parabéns pela tua gravidez! Mas não te posso responder porque não me deixas o link do teu blog (se tens um) nem e-mail... Beijinho para ti!

Parabéns Rute (R&L) pelo tão desejado positivo! Muitas felicidades! Que aconteceu ao teu blog? Beijinho